SÃO SAPOS OU CORAÇÕES?

Eu definiria, mas pessoas não devem ser definidas, não somos uma moda, uma tendência, a gente é carne, osso, sentimentos, lágrimas, alma. A gente é o que é.

Eu ia dizer que conheço pessoas com o coração de ouro, mas se eu dissesse isso estaria sendo materialista demais. Então para dar um rumo as minhas palavras vou apenas dizer que as pessoas devem ter um coração! Porque no mundo existe tanta gente vazia, e alguns acabaram preenchendo o peito com ferro, ódio, ganância e egoísmo, foram pouco a pouco matando os corações que um dia tiveram, pessoas que um dia sonharam, mas hoje vomitam rancor, mágoas e sofrem com eternas dores de cabeça, trazem no peito todos os sapos que engoliram e não digeriram, e ficam pulsando como se fosse um coração.

Porém, entretanto e todavia, gostaria de falar de um cara que conheci. Ele possui o dom de fazer pelos outros sem esperar nada em troca, sem falsa humildade, sem demagogia. A verdade de sentimentos transparece. É simples e a simplicidade dá medo em quem tá sempre armado, pronto pra guerra. O cara vem de peito aberto, sem sapos, só um coração, te olha no fundo dos olhos e enxerga a tua alma. É foda quando enxergam a tua alma, assusta, mas quem enxerga a alma não julga, ensina, ajuda e ama. Simplesmente ama. Quem enxerga a alma digere ou as vezes nem engole os sapos.

E quantas foram as vezes que pareceu desistir? Muitas, foram muitas, somos humanos, demasiadamente humanos, mas as coisas mudam se você tem fé, se não desiste, se aprende a reconsiderar, a tentar um novo caminho, é preciso aprender a aprender.  Esse cara sabe disso, me ensinou isso, sempre me disse o que tinha que ser dito. Sutilmente, cativa sem que se perceba, faz rir numa inocência quase improvável.

Usa o que aprendeu com a vida pra ensinar e não para passar a perna. Amigo, pessoas boas como você, atraem pessoas boas, porque quem não está na mesma sintonia, não resiste a tanta verdade e foge, corre pro pântano.

E se você chorar, achar de novo que não vai dar pé, que agora já era. Escute o silêncio trazendo paz, deixe que aquela alegria natural, o bem que habita seu peito, e agora, talvez aquele coração de ouro do começo, faça sentido aqui. Vai ficar tudo bem, mas e se não ficar? Eu sei que você vai saber como lidar.

Ser bom é pra qualquer um, não é um dom, uma benção entregue dos céus a quem realmente merece. É preciso apenas ser. A gente não consegue definir uma amizade. Por que amizades são feita de pessoas, e pessoas são carne e ossos, sonhos e medos. São corações cansados, renovados. São contrastes que ensinam o que poucos tem oportunidades de ver, e eu tive graças a você.

São corações e não sapos!

L.

*texto dedicado a um amigo que agora já nem é tão amigo assim. Louco, né?

Anúncios

4 comentários sobre “SÃO SAPOS OU CORAÇÕES?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s