OS TRAGOS DO ESTRAGO

O cigarro me consumindo em pequenos tragos e o estrago foi feito
A ansiedade devorando os bons momentos e tudo é confuso dentro do peito
Preciso me lembrar de tomar os remédios para me esquecer de vocês
Acordar e agradecer por mais um dia onde não deu tempo de viver

Eu espero a hora certa e ela nunca vem, ela nunca quis me ver
Eu espero você chegar, mas eu nunca sei o que dizer, eu simplesmente não sei
O tempo agindo em mim e eu indo como se nunca tivesse vivido

Eu bebo sem saber porque, eu não lembro o que quero esquecer
Não supero as crises inconstantes que insistem em reaparecer e me espremer
As angustias anseiam meus desejos e eu despejo nessa canção/textão
São frases bonitas em melodias que dilaceram meu coração

Eu esperei você chegar, mas era tarde, dormi, não vi, te perdi?
Eu esperei a hora certa, ela passou e eu não vi, ela também não quis me ver
O tempo agindo em mim e vou indo como se nunca tivesse vivido

L.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s