O ESTRANHO

78e11be753aeea9dbccdfb80d65e40b9

no último instante de vida
segurou uma mão desconhecida
chorou pelos amores que não teve
e pelos lugares onde nunca esteve

lembrou do que ficou para trás
pessoas que se perderam no caminho
e não voltaram mais

lembrou-se de tudo o que queria dizer
e na hora esqueceu
lembrou-se dos filmes que queria ver
e na hora adormeceu

foi mais longe do que queria
chegou o mais perto que podia
sofreu mais do que deveria
por alguém que nem ao menos merecia

L.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s