DESCOBERTAS

Quando o mundo parar de girar, não quero ficar aqui;
Quando as estrelas se apagarem, para onde vou fugir?
Abra seus braços e me receba, por favor, meu amor!
Espero que ainda esteja lá, que ainda seja você.

Eu queria ignorar o que sei e crer no meu coração,
Eu quis ver além, e descobrir o sentido de um ‘não’.

A angústia nostálgica em meu peito tem um sabor doce;
Poderia ter colorido minha vida, mas escolhi o cinza!
Deixei espaços vazios, na espera de um dia ter você.
Queimam o mundo, como cartas de amor que viram cinzas.

Se eu rezar para que tudo mude, será de novo só ilusão?
Minha fé hoje só serve de alimento à minha decepção

Cortam minhas asas e me perguntam por que não voo mais…
E eles querem tudo de mim, mas pagam quase nada em troca.
Farão muito para que você acredite que sonhos não são reais,
Porque onde eu estive, o mundo já se foi, eu só vi pessoas mortas.

Se eu rezar para que tudo mude, será de novo só ilusão?
Minha fé hoje só serve de alimento à minha decepção
Eu queria ignorar o que sei e crer no meu coração,
Eu quis ver além, e descobrir o sentido de um ‘não’.

Lucas Alberti Amaral

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s